Após meses aguardando uma solução para neutralizar os efeitos do novo coronavírus no corpo humano, na última quarta-feira (20), finalmente a população de Formosa pôde respirar aliviada. Isso porque, o Estado de Goiás recebeu 183 mil doses da vacina para a imunização dos grupos prioritários: trabalhadores da saúde que estão na linha de frente contra a Covid-19, pessoas com mais de 60 anos internadas em asilos ou similares, pessoas com deficiência e indígenas.

Representando os profissionais de saúde do município de Formosa, o diretor clínico do Hospital Regional de Formosa, o anestesista Ruanner Ronan, foi a primeira pessoa a ser imunizada, na cidade, contra o vírus. Atuando há dez anos no atendimento a pacientes do Pronto Socorro, Enfermaria e também na UTI Ala Covid-19 na unidade hospitalar, o especialista viu com otimismo a chegada da nova vacina. 

“Abrimos as portas para o futuro, para que outros colegas de profissão também possam se imunizar e, posteriormente, toda a população de Formosa. Ser o primeiro profissional na cidade a tomar a vacina é um privilégio”, comemorou.

O plano de vacinação dos profissionais de saúde do HRF prevê a aplicação da primeira dose da vacina para os 621 colaboradores. Portanto, a ideia é que todos os profissionais de saúde do Hospital Regional de Formosa sejam vacinados dentro dos próximos dias.

Para o diretor clínico do Hospital Regional de Formosa, a aplicação da vacina não deixou nenhum sintoma além de dor moderada no local. Segundo o especialista, “o procedimento é muito rápido e pouco tempo após tomar a dose a pessoa não sente mais nada, apenas uma alegria imensa”, disse Ruanner Ronan.  

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content