O Hospital Estadual de Formosa (HEF), referência em urgência e emergência na região, realizou 6.394 atendimentos no pronto-socorro nos primeiros vinte dias de janeiro deste ano, 1.628 a mais em comparação ao mesmo período do mês anterior (dezembro/2021), que contabilizou 4.766 assistências, ou seja, um aumento de mais de 30%.  Segundo a gestão da unidade, o objetivo é aumentar ainda mais a assistência à saúde da população da cidade e de municípios do entorno.

“Estamos em expansão contaste dos nossos serviços. Buscamos sempre evoluir, crescer e construir uma unidade cada vez melhor para todos os nossos pacientes. Em 2021, atendemos quase noventa mil pessoas no Pronto-Socorro. Sem dúvida, temos boas expectativas para este ano, já que o hospital registrou um número recorde de atendimentos realizados nesses primeiros dias”, ressalta Vânia Fernandes, diretora do HEF.

Protocolo de Manchester

É importante lembrar que o HEF atende, em especial, pacientes encaminhados pelo Complexo Regulador do Estado (CRE-GO). Acolhe também, aqueles resgatados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Corpo de Bombeiros. Só no mês de dezembro, a unidade recebeu cerca de 300 pacientes em estado grave, classificados como vermelho e laranja.

Os casos urgentes influenciam no tempo de espera de pacientes classificados como não urgentes (azul) ou pouco urgentes (verde). Pessoas com essas classificações também podem ser atendidas junto às Unidades Básicas de saúde (UBSs), Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e Unidades de Saúde da Família (PSFs). Em dezembro, dos 6.858 atendimentos realizados no mês, 3.424 (cerca de 50%) possuíam esse tipo de perfil.

“Esse aumento no número de atendimentos acompanha a tendência nacional, principalmente pela incidência de pacientes com sintomas gripais, seja por Covid-19 ou Influenza. Estamos trabalhando constantemente para acolher e dar assistência a todos aqueles que precisam de auxílio médico”, reforça Vânia Fernandes.   

Testagem de Covid-19

Ainda na esteira de prestar o melhor serviço aos moradores de Formosa, o HEF foi uma das unidades participantes da ampliação da testagem para Covid-19. A ação, realizada pelo Governo de Goiás por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES), iniciou em 17 de janeiro e vai até o dia 26 do mesmo mês e atenderá o público a partir das 8h.

Dessa forma, a unidade disponibilizou aos moradores um ambiente seguro para a realização dos testes e optou pelo sistema de distribuição de senhas. Para pacientes cujos sinais apontem para a forma assintomática ou sintomática da Covid-19, realiza-se a testagem.

Por se tratar de uma doença infectocontagiosa é importante a testagem em massa. Dessa forma, o HEF se preparou para garantir que a ação de testagem seja segura e rápida. Assim, caso o teste revele positivo para coronavírus, o paciente imediatamente passa por atendimento médico, no qual é avaliado e recebe o receituário dos medicamentos.

A segunda parte do processo, que inclui o monitoramento dos pacientes cujo vírus resultou positivo, fica a cargo do município de origem da pessoa. Portanto, de acordo com Karolina Reis Ornelas, coordenadora do Núcleo de Epidemiologia Hospitalar do HEF, a ação de testagem “tem como objetivo detectar possíveis novos casos. Além disso, informar a população e alertar sobre a importância de manter medidas preventivas como o uso adequado de máscara, evitar aglomeração e higienizar as mãos com água e sabão”.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content