A história recente do Hospital Regional de Formosa (HRF) é recheada de conquistas. A unidade de saúde pública do Governo do Estado de Goiás tornou-se referência no atendimento a pacientes diagnosticados com Covid-19 na região e mais que dobrou a assistência oferecida no Pronto-Socorro Geral.

Agora, o Hospital escreve mais uma importante página de sua trajetória. Pela primeira vez desde sua inauguração, o HRF passa a realizar cirurgias de urgência de pequena e média complexidade na área de ortopedia. Uma vitória para os munícipes da região que, até então, precisavam de transferência para outras unidades do Estado.

É importante ressaltar que os procedimentos são as chamadas cirurgias de urgência de segundo tempo, ou seja, para pacientes que chegam na emergência com algum tipo de fratura que não coloca sua vida em risco e que não precisa de imediata abordagem –  do ponto de vista cirúrgico -.

A pessoa passa por estabilização, medicação e, consequentemente, submetida a antibioticoterapia para evitar processos infecciosos. Na sequência, os médicos agendam a data para o procedimento. Neste primeiro momento, as cirurgias já estão sendo realizadas nas terças e sextas-feiras.

“A implantação desses procedimentos é uma vitória para o município de Formosa que carecia desse tipo de assistência. A nova estrutura vai aumentar ainda mais nossa capacidade de atendimento”, diz o médico Felipe Uchôa Brito, diretor técnico do Hospital Regional de Formosa.

Modernização

Contudo, o início das atividades só foi possível após modernização do centro cirúrgico, que agora conta com equipamentos de alta tecnologia. Recentemente, o hospital – gerido pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED – adquiriu o Arco C, também chamado de intensificador de imagem. Assim como o raio-x, o aparelho possibilita a radiografia estática, porém sua utilização predominante é para capturar imagens dinâmicas de alta resolução e em tempo real. Com ele, os cirurgiões podem monitorar o progresso da cirurgia de maneira extremamente precisa.

“O início dos procedimentos cirúrgicos marca um novo momento para o hospital e para a cidade de Formosa. Portanto, estamos empenhados em oferecer o que há de melhor para população”, finaliza Vânia Fernandes. 

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content