O avanço da pandemia do novo coronavírus fez com que pessoas em situação de vulnerabilidade social ficassem ainda mais expostas. O isolamento social, bem como a falta de oportunidades, impactou de forma significativa a rotina, a alimentação e a saúde emocional dessa população.

Esse cenário também afetou as crianças. Elas perderam a liberdade da infância, o contato com os amigos e a diversão natural que existe em cada uma delas. Além disso, tiveram a educação interrompida pelo fechamento das escolas, o que consequentemente afetou a aprendizagem – seja pela falta da convivência pessoal com professores ou pela falta de tecnologia necessária para o acompanhamento das aulas.

Pensando nesse panorama preocupante, a Comissão de Responsabilidade Social do Hospital Estadual de Formosa (HEF), em parceria com da Comunhão Espírita Chico Xavier, organizou no último sábado (16) uma ação social para as famílias socialmente vulneráveis. A ação foi organizada e desenvolvida para homenagear os pequeninos no mês em que se comemora o Dia da Criança.

Para a presidente da Comissão, a assistente administrativa Talita Guimarães, a solidariedade é uma troca em que todos saem ganhando. “Me sinto realizada em ter participado de uma iniciativa como esta. A solidariedade tem o poder de transformar nossa sociedade. Sou muito grata em ter tido a oportunidade de conhecer todas aquelas famílias”, afirmou.

Dessa forma, o evento respeitou todas as normas sanitárias. Contudo, as crianças puderam desfrutar de várias brincadeiras organizadas pelos colaboradores voluntários e o clima foi de muita alegria. Doces, salgados e diversos presentes foram distribuídos durante o evento. Os familiares que acompanharam os pequeninos passaram por orientações médicas e psicológicas.

Solidariedade

Embora estejamos vivendo sob as novas regras impostas pelo agravamento da Covid-19, é importante destacar que o momento é de superação. Para superar esta delicada situação, há apenas um caminho: a solidariedade.

Esse sentimento de ajudar o próximo é construído ao longo da vida e, como toda e qualquer qualidade, só se desenvolve com a prática constante. Para os diretores da Comunhão Espírita Chico Xavier, Paulo Pedro Pinto e Cristina Lousado, “não há preço que se pague por todo esse amor”.

 “Nosso lema é servir ao próximo. Temos uma responsabilidade que está muito além das paredes do Hospital Estadual de Formosa. Portanto, vamos fazer tudo o que estiver dentro do nosso alcance para ajudar a população”, concluiu Vânia Fernandes, diretora da unidade.

Skip to content